A atuação da empresa Via Sul na Zona Norte de Natal

Por UNIBUS RN
Fotos: Acervo/UNIBUS RN

A Via Sul é uma das empresas mais tradicionais de Natal. Presente no transporte urbano e metropolitano desde a década de 1980 – inicialmente se chamava “TransFlor” – a empresa começou suas atividades substituindo a antiga “Aparecida”.

No início de suas atividades, a empresa atendia os bairros de Neopólis, Nova Descoberta, Pirangi, Ponta Negra e Santos Reis. Pouco tempo depois, outros três bairros foram adicionados à operação regular da empresa: Nova Natal, Brasília Teimosa e Cidade Satélite.

Desde então, a TransFlor permanece ativa no transporte local, com linhas que atendem a região sul de Natal. A atuação com maior destaque na Zona Sul, inclusive, fez com que a marca mudasse para “Via Sul”, em 1998, quando ocorreu uma das principais mudanças operacionais que a empresa passou.

+++ Leia também: Almanaque UNIBUS RN: Tudo sobre a empresa Via Sul

A atuação no Nova Natal, ocorrida na década de 1980, foi a primeira operação da Via Sul na zona norte. A linha 1405 – Nova Natal/Campus, via Av. Bernardo Vieira, aconteceu na segunda metade daquela década, quando, em 1990, a empresa repassou a linha para a Riograndense, que chegara ao sistema de transporte de Natal.

As operações da TransFlor voltaram a se concentrar na região sul de Natal ao longo dos anos de 1990. Somente em meados de 1999, já quando havia mudado a marca para Via Sul, a empresa passou a atuar na Zona Norte, modificando o trajeto de uma das suas linhas: a 50 deixou de ser Neópolis/Rocas, para se tornar Serrambi/Santa Catarina.

A alteração gerou conflito entre as empresas, e o trajeto da linha 50 ligando a Zona Sul a Norte era suspensa constantemente pela justiça, através de liminares obtidas pelas empresas Guanabara e Pirangy (não há registro de que a Reunidas, sucessora da Pirangy, tenha buscado impedir o trajeto).

A “briga” nas operações da linha 50 durou alguns anos, e diariamente havia incertezas sobre qual trajeto a linha iria operar. Além disso, ela passou por vários trajetos diferentes no trecho entre a Zona Sul e a Zona Norte, de modo a não conflitar com trajetos das linhas operadas por outras empresas, que se sentiram afetadas com a atuação da Via Sul.

Somente por volta de 2004 a disputa teve fim, e a linha 50 passou a ter o itinerário fixo, como segue ocorrendo até hoje.

Em 2007, uma nova operação na Zona Norte, desta vez com uma linha saindo da região em direção ao centro – diferentemente da linha 50, que tem seu terminal na Zona Sul. A empresa passou a operar a linha 85 – Soledade I/Petrópolis, via Ponte Newton Navarro/Av. João Medeiros Filho.

Inaugurada naquele ano juntamente com a Ponte Newton Navarro, a linha foi direcionada a empresa Reunidas, que abriu mão de parte da operação e cedeu espaço para que a Via Sul e a Cidade do Natal também atuassem na 85.

Em 2010, a empresa novamente obteve mais um espaço na Zona Norte, quando passou a operar a linha 600 – Circular – Parque dos Coqueiros/Norte Shopping. A linha era voltada para a região, e além da Via Sul, também contava com veículos da Guanabara, Reunidas, Conceição e Cidade do Natal.

Com o passar do tempo, a maioria das operações da Via Sul na Zona Norte foram suspensas. Atualmente, dentre as linhas citadas, apenas a 50 permanece em operação, sendo, inclusive, uma das principais da empresa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.