BYD Brasil passa a integrar a maior iniciativa voluntária de cidadania corporativa do mundo

Por BYD Brasil
Foto: Divulgação (BYD Brasil)

A BYD acaba de ingressar na Rede Brasil do Pacto Global, iniciativa da Nações Unidas (ONU) para mobilizar a comunidade empresarial na adoção e promoção, em suas práticas de negócios, de Dez Princípios universalmente aceitos nas áreas de direitos humanos, trabalho, meio ambiente e combate à corrupção. Com a criação dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), o Pacto Global também assumiu a missão de engajar o setor privado nesta nova agenda.

A BYD tem como seu maior desafio combater as mudanças climáticas. Com o Slogan Build Your Dreams (construa seus sonhos), a empresa foi inaugurada em 1995 a partir do sonho de seu fundador, Sr. Wang Chuanfu, de permitir que a China crescesse sem poluição, por meio de energia limpa. A empresa desenvolveu rapidamente sólida experiência em baterias recarregáveis e se tornou uma defensora implacável do desenvolvimento sustentável, expandindo com sucesso suas soluções de energia renovável globalmente.

A empresa está presente no Brasil desde 2015, fabricando e comercializando chassis de ônibus elétricos e módulos fotovoltaicos. A empresa também comercializa no país empilhadeiras, furgões, caminhões, furgões e automóveis, todos totalmente elétricos e não poluentes. As operações de veículos elétricos, equipamentos logísticos e energia solar da BYD deixam de emitir mais de 256 mil toneladas de CO2 por ano na atmosfera, o equivalente ao plantio de 1,8 milhão de árvores. Mais recentemente, devido à pandemia da Covid-19, a BYD também está vendendo máscaras descartáveis no país.

Como uma empresa cidadã, a BYD busca levar em conta os ODS na forma como conduz seus negócios. Com relação aos seus produtos, a empresa está alinhada com os ODS 3 (Saúde e bem-estar), 7 (Energia limpa e acessível), 11 (Cidades e comunidades sustentáveis), 12 (Consumo e produção responsáveis) e 13 (Ação contra a mudança global do clima).

Além de criar produtos que não emitem poluentes, a visão de sustentabilidade da BYD tem desdobramentos em suas operações. A empresa buscar minimizar seus impactos ambientais ao prever metas e diretrizes ambientais no processo produtivo, o que inclui o gerenciamento de resíduos, a reciclagem, o uso racional da água, a eficiência energética, e a redução das emissões atmosféricas. Desta forma, a gestão ambiental da empresa adere aos ODS 6 (Água potável e saneamento), 7 (Energia limpa e acessível), 9 (Indústria, inovação e infraestrutura), 12 (Consumo e produção responsáveis), 13 (Ação contra a mudança global do clima) e 17 (Parcerias e meios de implementação).

A BYD acredita que a construção de sonhos é a força motriz de cada indivíduo para enfrentar desafios e empreender grandes realizações. A política de recursos humanos da BYD é sustentada por esta crença, por isso a empresa investe recursos na atração, cuidado, retenção e desenvolvimento de pessoas, zelando por um ambiente de trabalho com relações sustentáveis. Além disso, a BYD apoia o desenvolvimento social e tecnológico da sociedade, em linha com os ODS 4 (Educação de qualidade), 5 (Igualdade de gênero), 8 (Trabalho decente e crescimento econômico) e 10 (Redução das desigualdades).

Os colaboradores da BYD apoiam suas ações em normas que devem ser observadas por todos os que agem em nome da empresa, buscando estabelecer relacionamentos éticos com os diversos públicos de interesse. O Programa de Compliance da BYD consiste em mecanismos e procedimentos internos de incentivo ao cumprimento das legislações vigentes, normas internas e código de conduta, em conformidade com os ODS 5 (Igualdade de gênero), 8 (Trabalho decente e crescimento econômico), 10 (Redução das desigualdades) e 16 (Paz, justiça e instituições eficazes).

De acordo com Adalberto Maluf, Diretor de Marketing e Sustentabilidade da BYD, “a adesão da BYD ao pacto global reafirma a missão da empresa, de inovar em energia limpa para uma vida melhor. A sustentabilidade é o ponto de partida que orienta todas as nossas ações e projetos, por isso estamos empenhados em evoluir com os princípios do Pacto Global nas operações cotidianas de nossa empresa”.

Criado em 2000, o Pacto Global foi idealizado pelo ex-secretário-geral da ONU Kofi Annan e dá aos membros acesso a ferramentas que contribuirão para ampliar o envolvimento da empresa com os temas de sustentabilidade e com as discussões na área. Também possibilita a participação em programas locais e internacionais, dentre os quais os grupos temáticos que conduzem projetos nas áreas de Água, Alimentos e Agricultura, Anticorrupção, Direitos Humanos e Trabalho, Energia e Clima e ODS. Com mais de 15 mil participantes em quase 170 países, a iniciativa conta com mais de 1100 membros no Brasil, país que possui a terceira maior rede no mundo.

Ao integrar o Pacto Global a BYD Brasil se compromete a reportar anualmente o seu progresso em relação aos 10 princípios. Assim, a iniciativa estimula a evolução constante das práticas internas de sustentabilidade. As empresas que quiserem fazer parte, podem encontrar mais informações em www.pactoglobal.org.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.