Litorânea inicia testes de tarifa única na linha São José de Mipibu/Natal

Por UNIBUS RN
Foto: Helckton Fernandes

A empresa Litorânea, atuante do sistema intermunicipal do Rio Grande do Norte, pertencente ao grupo Trampolim da Vitória, iniciou testes operacionais com tarifa única em sua principal linha: São José de Mipibu/Natal. Com a mudança nas operações, todos os usuários pagam o valor integral de R$ 6,50, independentemente do trecho percorrido. Metade da frota da linha aderiu aos testes, enquanto a outra metade permanece com a tarifa de acordo com os trechos.

Até então, a operação integral da linha ocorria de forma “seccionada”, onde os usuários pagavam a tarifa de acordo com o trecho percorrido. Para tanto, os ônibus contavam com uma catraca na porta traseira, onde também ficava posicionado o validador da RN CARD, sistema de bilhetagem aceito nos ônibus da empresa.

Além da área de atuação mais distante de Natal, a operação com tarifa seccionada eram as principais diferenças entre as empresas irmãs Trampolim da Vitória e Litorânea. Enquanto a Trampolim atende aos municípios vizinhos de Natal, a Litorânea atua em linhas que ligam cidades mais distantes. Anteriormente, a empresa também ofertava cortinas em seus ônibus, como nos ônibus rodoviários. Desde 2019 a empresa optou pela retirada do item que garantia mais conforto aos usuários, e cada vez mais vem demonstrando operações semelhantes as demais empresas do sistema metropolitano, como a própria Trampolim.

Integrante do grupo Trampolim da Vitória desde meados de 2012, a Litorânea substitui a empresa Barros nas operações intermunicipais – que atualmente se dedica apenas ao transporte de fretamento também na Grande Natal.

Empresa pode voltar com a linha São José de Mipibu/Parnamirim

Uma das possibilidades com os testes operacionais da tarifa única é o retorno da linha São José de Mipibu/Parnamirim, para atender os usuários que se dirigem até a cidade vizinha, e não saem de São José com destino final em Natal, ou vice-versa. A empresa seguirá avaliando os resultados com os testes que está realizando.

Nos ônibus de tarifa única, a catraca traseira foi retirada, mas os bancos ainda não foram repostos, diante da possibilidade de os resultados não serem favoráveis, e os usuários preferirem a tarifa seccionada. Com isso, a atuação voltaria ao sistema original que a empresa já atua.

* Matéria atualizada em 05/05/2021, 12:49, para correção de informações.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.