Salvador e Campo Grande já estão vacinando rodoviários

Da Agência CNT de Notícias
Foto: Tânia Rêgo (Agência Brasil)

Nas cidades de Salvador (BA) e Campo Grande (MS), os trabalhadores de transporte coletivo também já estão recebendo a vacinação contra a covid-19. Para ter acesso ao imunizante, é preciso apresentar contracheque ou fazer o cadastro no site da Secretaria de Saúde.

Na capital baiana, rodoviários com idade igual ou superior a 50 anos já estão sendo imunizados, desde a última segunda-feira (26). Para ter acesso a vacina, o trabalhador deve conferir o nome na lista disponibilizada no site e apresentar obrigatoriamente uma cópia impressa do último contracheque. A vacinação de rodoviários é feita das 8h às 16h, de segunda a sexta-feira.

Já em Campo Grande, o cadastro de trabalhadores de transportes coletivos com mais de 18 anos iniciou na quinta-feira (29), pela internet. São 34 pontos de vacinação espalhados pelas sete regiões da cidade, com funcionamento a partir das 7h30, sendo que nas unidades de saúde as salas de vacina começarão a aplicar as doses de 13h.

Grupo prioritário: Atendendo a pedido da CNT, o governo federal incluiu, em janeiro, segmentos dos profissionais do transporte no grupo prioritário da campanha nacional de vacinação contra a covid-19. Estão no grupo prioritário os caminhoneiros; portuários, incluindo trabalhadores da área administrativa; empregados das companhias aéreas nacionais (aeronautas e aeroviários); empregados de empresas metroferroviárias de passageiros e de cargas; empregados de empresas brasileiras de navegação; e motoristas e cobradores do transporte coletivo rodoviário de passageiros, incluídos os motoristas de longo curso.

Em abril, o governo do estado de São Paulo e da cidade do Rio de Janeiro também anunciaram a vacinação de profissionais do setor de transporte.

Imunização contra a gripe: A CNT também atuou para que trabalhadores do transporte fossem incluídos na campanha nacional de imunização contra o vírus da influenza, causador da gripe. Em virtude do número de doses disponíveis, o ministério atendeu ao pedido parcialmente e contemplou caminhoneiros, motoristas e cobradores do transporte coletivo rodoviário de passageiros urbano e de longo curso e trabalhadores portuários. Esses profissionais estão na terceira etapa da campanha, que será realizada entre os dias 9 de junho e 9 de julho. A Confederação continuará atuando junto à pasta, para serem incluídos os demais segmentos de trabalhadores.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.