STTU intensifica fiscalização de faixas compartilhadas de ônibus/bicicletas

Da Prefeitura do Natal
Foto: Andreivny Ferreira (UNIBUS RN)

A Prefeitura do Natal, por meio da Secretaria Municipal de Mobilidade, está endurecendo as medidas de fiscalização para combater o uso indevido da faixa compartilhada de ônibus e bikes nas avenidas Hermes da Fonseca, Salgado Filho, Prudente Morais, Roberto Freire, Omar O´Grady e demais vias onde estão implantadas a sinalização exclusiva.

A decisão foi anunciada nesta semana pelo secretário da STTU, Paulo César Medeiros, que não descarta também o uso da fiscalização eletrônica para punir os condutores infratores. A STTU esclarece que as faixas são usadas para garantir mais segurança aos ciclistas, assim como dar mais fluidez ao trânsito de ônibus nos corredores. Os condutores de veículos particulares podem usar a faixa quando forem entrar à direita na próxima via de cruzamento. Fora deste movimento, o motorista ou condutor de veículo estará cometendo uma transgressão às regras de circulação na via compartilhada.

Tem sido evidente o uso crescente das bicicletas como meio de transporte na cidade. Trata-se de uma nova cultura de deslocamento que está presente em outros países e que atende às necessidades locais. “A inserção e o incentivo ao uso da bicicleta no sistema viário não é tarefa fácil. Tradicionalmente isso é feito por meio de espaços exclusivos como as faixas compartilhadas, as ciclovias e as ciclofaixas. Elas existem para garantir aos ciclistas o seu lugar seguro no trânsito”, destaca o secretário da STTU, Paulo César Medeiros.

Além da fiscalização, a STTU tem realizado uma intensa campanha educativa voltada para promover o uso correto da faixa compartilhada com condutores de transporte por ônibus e os ciclistas. São realizadas vivências, onde os condutores experimentam as bikes assim como os ciclistas vivenciam a rotina dos condutores. “Isso é empatia. Um entende o outro para melhor se entenderem na via e evitar acidentes”, destaca o gestor.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.