Países europeus querem incluir a bicicleta na mobilidade pós-pandemia

Do Bicicleta News/ Aliança Bike
Foto: Ministros de Transporte dos países que apoiam a bicicleta – ECF

A Dinamarca é o mais novo país a assinar a carta ciclística de Benelux, um compromisso europeu pela promoção da mobilidade em bicicleta. Os primeiros países signatários foram justamente os que formam a sigla Benelux: Bélgica, Holanda e Luxemburgo.

O documento, assinado no último dia 3 de junho, em Luxemburgo, é uma carta de intenções conjunta que busca promover a bicicleta nos planos continentais, nacionais e locais. As sugestões começam pela inclusão da bicicleta nos planos de recuperação econômica do pós-pandemia e no “Green Deal” europeu.

Incentivo, investimento e planejamento

A carta traz ainda o pedido por mais investimentos e planejamento para garantir infraestrutura cicloviária por todo o continente, indo das cidades até conexões internacionais.

No âmbito da Comissão Europeia, um dos pontos que chama a atenção é a sugestão para que os países europeus possam reduzir o VAT (imposto equivalente ao ICMS brasileiro) das bicicletas elétricas.

Ainda na esfera continental, está posta a oportunidade de rever a legislação sobre financiamento da rede transeuropeia de transportes para incluir a bicicleta. Além de conectar a Europa por trilhos e estradas, é importante garantir dinheiro para investir na expansão da conectividade internacional de ciclovias.

Mesmo que seja apenas uma carta de intenções, o documento certamente irá incentivar ainda mais nações a investirem na bicicleta.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.