Natal: UFRN demanda retomada da linha Circular do Campus

Da UFRN
Foto: Williane Silva (ASCOM Reitoria UFRN)

Com o intuito de discutir sobre a oferta do circular para a comunidade universitária, o reitor da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, José Daniel Diniz Melo, reuniu-se com o secretário municipal de Mobilidade Urbana (STTU), Paulo César Medeiros, e com o representante do Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos (Seturn), Augusto Costa Maranhão.

O reitor solicitou reunião com a STTU para tratar sobre o funcionamento do circular no Campus Central, visto que o período letivo 2021.1 teve início. O professor explicou que a Universidade está realizando o ensino remoto emergencial, devido à pandemia da covid-19, com a oferta de alguns componentes práticos presenciais. Dessa forma, além da demanda acadêmica, o gestor explicou que alguns servidores e os funcionários terceirizados também estão cumprindo expediente em atividades essenciais. “O anel viário do Campus faz parte da cidade do Natal e nossa comunidade universitária também precisa ser atendida pelo sistema de transporte público”, esclarecendo ainda que muitos estudantes precisam do transporte coletivo para chegar ao Campus Central.

De acordo com o secretário da STTU, Paulo César de Medeiros, a solicitação pelo circular da UFRN foi encaminhada ao Seturn, com base em um levantamento do quantitativo de pessoas e horários de maior necessidade da comunidade universitária, levando em consideração o atual contexto de pandemia. “O reitor comunicou o retorno das aulas e enviamos uma ordem de serviço para o Seturn”, contou o gestor.

Durante a reunião, o representante do Seturn, Augusto Costa Maranhão, solicitou o envio do levantamento pela STTU, bem como ficou de dar retorno sobre a demanda do circular até 6 de julho, após conversa com as empresas de ônibus.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.