Filtro pode reduzir riscos de contaminação no transporte coletivo

Do Mobilize Brasil
Foto: Paulo Froes/Correio

Uma empresa de ônibus de Salvador (BA) está instalando filtros para eliminar as cargas virais de seus veículos e assim oferecer mais segurança a seus usuários contra o risco de contaminação pela Covid-19. A empresa de transportes Ottrans adotou uma tecnologia desenvolvida pela startup Salvar, que tem sede lá mesmo na Bahia.

O filtro, segundo o site da Salvar é um equipamento de proteção coletiva para climatizadores e aparelhos de ar condicionado que tem a capacidade de reduzir 99,999% (sic) da carga viral, incluindo o coronavírus, além de reter até 80% de fungos e bactérias presentes em ambientes fechados.

A inovação foi patenteada em parceria com o Senai Cimatec, passou por testes em quatro laboratórios independentes e conta com o incentivo financeiro da Embrapii. Segundo informações publicadas no site da Salvar, em ambientes climatizados a ação dos aparelhos promove um turbilhonamento dos aerossóis – partículas contagiosas que podem ficar suspensas no ar durante horas – e aumenta o risco de contaminações. O sistema da Salvar introduz uma barreira filtrante nos aparelhos climatizadores, produzida com um tecido de íons de prata, que retem as nanopartículas com tamanhos dos agentes infecciosos virais e bacterianos, evitando que estes retornem ao ambiente fechado.

No entanto, mesmo com essa filtragem, o uso de máscaras e demais cuidados de higiene devem ser mantidos para evitar a contaminação direta no caso de alguém tossir, espirrar ou simplesmente falar dentro do veículo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.