Máscaras nos ônibus do Grande Recife: vai sobrar para o motorista

Do Jornal do Commercio (Via Coluna Mobilidade)
Foto: Rafael Fernandes (Gentilmente cedida ao UNIBUS RN)

A decisão do governo de Pernambuco de manter obrigatório o uso das máscaras no transporte público do Estado, enquanto libera nos ambientes fechados de forma geral, vai gerar muita confusão. E vai sobrar para o motorista.

Sozinho nos ônibus – vale lembrar que o mesmo governo autorizou a retirada dos cobradores de todas as linhas da Região Metropolitana do Recife, com exceção de 18 linhas -, os motoristas terão ainda a missão de pedir e orientar os passageiros sobre a obrigatoriedade do protetor.

E quem usa o transporte público sabe que isso não vai acontecer. Ou seja, a obrigatoriedade da máscara será uma falácia. Valerá na teoria, mas não na prática.

“Ninguém vai assumir esse papel. Já não assume agora, com a obrigatoriedade valendo em todo lugar, imagina com a liberação até nos ambientes fechados. Concordo que é muito confuso”, afirma o motorista de ônibus João Paulo Carvalho, há 30 anos na profissão.

Experiente, o condutor já prevê o que acontecerá: “O que vai valer é o adesivo nos coletivos, informando que é para usar, e a consciência de cada um. Confesso que eu não vou me preocupar porque já está muito difícil o dia a dia, tendo que dirigir, receber dinheiro e passar troco. Além disso, estar atento ao interior do ônibus e aos passageiros, sem a ajuda do cobrador”, reforça.

Terminais liberados: Para confundir ainda mais a população, o Estado decidiu desobrigar o uso nos terminais integrados de ônibus e metrô. O Grande Recife tem 26 TIs, por onde circulam, em média, 70% dos passageiros do sistema.

O Metrô do Recife, é importante esclarecer, embora seja um sistema federal, segue as medidas sanitárias estaduais.

Não estamos aqui fazendo juízo de valor sobre o uso ou não das máscaras. Apenas fazendo a relação dessas medidas com o dia a dia do transporte público – que é uma guerra diária, quem usa e opera sabe disso.

As regras: A desobrigação do uso das máscaras de proteção contra a covid-19 nos ambientes fechados foi anunciada nesta terça-feira (19/4) pelo governo de Pernambuco. A medida passa a valer a partir desta quarta-feira (20).

O anúncio foi feito pelo governador Paulo Câmara no fim da manhã desta terça-feira (19/4). O fim da obrigatoriedade foi embasado nos números da semana epidemiológica 15, encerrada no último sábado (16), que teria confirmado a queda de todos os indicadores da pandemia.

O uso de máscaras segue valendo no transporte público. Isso significa que o equipamento segue obrigatório nos ônibus e metrô da Região Metropolitana do Recife e de todo o Estado.

Ou seja, no transporte público metropolitano e também no intermunicipal, sistema que conecta a capital com os municípios da Zona da Mata, Agreste e Sertão pernambucanos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.