Engenhbus: O conforto da suspensão a ar no chassi OF-1724 L, da Mercedes-Benz

Do UNIBUS RN
Por Felipe Lima
Foto: Divulgação (Mercedes-Benz)

Está de volta ao UNIBUS RN o quadro ideal para quem gosta de mecânica e para quem quer conhecer os mínimos detalhes sobre o chassi de um ônibus. Nesta edição da coluna “Engenhbus”, vamos destrinchar a variação do chassi dianteiro da Mercedes-Benz OF-1724 L, que se destaca pelo alto nível de conforto e estabilidade que a suspensão pneumática proporciona e pela variedade de aplicações que assume.

Preparado para receber carrocerias de até 13,2 metros, o chassi OF-1724 L é usado nas aplicações urbanas (inclusive BRT), intermunicipais, rodoviárias e de fretamento.

Motor: O motor que equipa o Chassi é o OM-926 LA, de 7.2 Litros, eletrônico, Turbocooler, com unidades injetoras em cada cilindro, sistema de injeção com gerenciamento eletrônico, totalmente adequado à norma Proconve P7 / Euro V, com potência de 238 Cavalos a 2200 RPM. O Torque Máximo é de 91,8mkgf de 1200 a 1600 RPM.

A caixa de mudanças é a conhecida MB G 85-6, feita em alumínio com 06 marchas sincronizadas (com radiador de óleo), de relação alongada, chegando a velocidade máxima de 111 km/h.

Suspensão, eixo e chassi: A suspensão dianteira do OF-1724 L é pneumática com 2 bolsões de ar, de amortecedores e barra estabilizadora. Já a suspensão traseira, pneumática com 4 bolsões de ar, também tem amortecedores e barra estabilizadora.

Já o eixo dianteiro é do tipo punho, modelo MB VL 3 / 8 D-6,5, enquanto o eixo traseiro usa o modelo MB R 390-11.5/S22.5, tendo em sua carcaça central tubos com redução i=5.875 (47:8).

O quadro do chassi é do tipo escada, rebitado e o material empregado é o aço LNE 38.

Direção e sistema elétrico: A direção usada no OF-1724 L é fabricada pela marca alemã ZF. É Hidráulica, no modelo 8097, com redução máxima de i(Máx)=20,6:1.

O sistema elétrico tem tensão nominal de 28 Volts, alternador de 80 amperes e bateria com capacidade de 170 Ah/ 2 x12 V.

Freios: O sistema de freios é composto por um sistema de tambor nas rodas dianteiras e traseiras a ar comprimido de dois circuitos com área de frenagem total de 5.437 cm², incluindo o regulador automático de freio.

Já os freios de estacionamento contêm câmara de mola acumuladora, acionada pneumaticamente, com atuação nas rodas traseiras e o Freio-Motor do tipo borboleta no coletor de escapamento (convencional), acionamento eletropneumático no assoalho.

Além disso, o OF-1724 L usa o conhecido sistema “Top Brake” onde a válvula fica localizada no cabeçote, com acionamento eletropneumático e válvula no assoalho conjugada com o freio motor convencional, além de contar com Freios ABS.

Volumes de abastecimento:
Tanque de Combustível: 300 Litros
Óleo no Cárter – Min/Max: Entre 23 e 28 Litros
Caixa de Mudanças: 09 Litros
Caixa do Diferencial – (Eixo Traseiro): 10 Litros
Direção Hidráulica: 3,5 Litros
Sistema de Arrefecimento: 37 Litros
Tanque de Arla 32: 25 Litros

Desempenho:
Caixa de Mudanças: MB G 85-6
Eixo Traseiro: MB R 390-11.5/S22.5
Redução i=5.875 (47:8)
Pneus 275/80 R 22,5
Velocidade Máxima (km/h): 111

Pois bem, caro leitor. Mais um chassi foi destrinchado nos mínimos detalhes na coluna “Engenhbus”. Em breve, mais novidades serão mostradas aqui no UNIBUS RN. Afinal, quem gosta de mecânica diesel, se liga no “Engenhbus”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.