Rodoviária de Natal recebeu, em 2022, 67% a mais de passageiros do que no ano passado

Por UNIBUS RN
Foto: Andreivny Ferreira (UNIBUS RN)
Atualizado em 30/06/2022, 6:32, para acréscimo de informações.

O Complexo Rodoviário Severino Tomaz da Silveira registrou aumento no número de pessoas que usaram o equipamento para fazerem viagens de ônibus, seja para cidades do Rio Grande do Norte, seja para outras cidades. Levantamento feito pela administração do equipamento, localizado na Cidade da Esperança, zona oeste de Natal, mostrou que o terminal recebeu, de 1º de janeiro a 29 de junho, 67% a mais de passageiros do que o registrado no mesmo período do ano passado.

A pedido do UNIBUS RN, a administração do terminal rodoviário detalhou, em números absolutos, o registro do número total de passageiros que passaram pelo local.

Até 29 de junho, a rodoviária recebeu, ao total, 256.866 passageiros, sendo o mês de abril o que registrou maior movimentação, com pouco mais de 46 mil passageiros – entre 1º e 29 de junho, por exemplo, foram registrados mais de 43 mil passageiros.

Em relação ao mesmo período de 2021, o terminal identificou que há um aumento de 67,14% na movimentação de passageiros – entre 1º de janeiro e 29 de junho do ano passado, 153.683 pessoas foram registradas pela administração da rodoviária. Em relação ao mesmo período de 2020, quando foi decretada a pandemia da COVID-19, o aumento do número de passageiros foi de 57,55%.

Ainda segundo a administração da rodoviária, os pouco mais de 256 mil passageiros registrados fazem com que o terminal esteja prestes a voltar ao patamar de movimentação registrado antes da pandemia: Entre 1º de janeiro e 29 de junho de 2019, foram registrados pouco mais de 273 mil passageiros, o que representa mais 6% em relação ao registrado em 2022.

Para o administrador do terminal rodoviário, a melhora dos índices relacionados à COVID-19, como o número de vacinados, o estágio atual de casos e de hospitalizações, não motivam sozinhos que mais pessoas façam suas viagens usando o ônibus. “Podemos apontar também a questão do aumento expressivo dos combustíveis. Quem precisa viajar, seja a lazer ou a trabalho, tá preferindo viajar de ônibus, pois a economia [com a questão do preço do combustível] é bem significativa”, disse Reinaldo Brasil.

O gestor aponta, ainda, um terceiro motivo para que haja essa retomada das viagens usando o ônibus. “Aponto também a elevação do preço da passagem de avião. Quem era acostumado a viagens de média ou longa distância usando o avião está migrando para o transporte terrestre”, analisa Reinaldo. “Juntando todos esses fatores, percebemos o porquê desse fôlego no transporte por ônibus”, completa.

Diante de um aumento tão expressivo na movimentação de passageiros na rodoviária, o administrador do equipamento projeta que o segundo semestre terá uma movimentação ainda maior. “Espero sim que ultrapasse o número [de passageiros] que registramos em 2019. Isso será um reflexo ainda mais claro desse cenário melhor que falamos a pouco, com esses três fatores incidindo para o aumento do uso do transporte terrestre – principalmente por ônibus”, analisa Reinaldo Brasil.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.