SP: Em Campinas, busólogos se encontram para conhecer mais sobre sua paixão

Do Correio Popular (SP)
Foto: Gustavo Tilio (Correio Popular)

Cerca de 70 busólogos, termo aplicado a pessoas aficionadas por ônibus, reuniram-se durante todo o sábado (16) para participar da 11ª edição do InterBuss City Tour em Campinas. Os participantes visitaram duas garagens de ônibus, além de integrarem uma oficina sobre como vai funcionar o sistema BRT de transporte na cidade.

Como em todas as edições anteriores, os interessados se inscreveram previamente para o evento. A novidade nesta edição ficou por conta da possibilidade de os participantes escolherem em qual ônibus desejavam realizar o passeio pelo município. E o veículo escolhido foi um Marcopolo Viale BRS, com chassis Mercedes-Benz O-500UDA, que pertence à VB Transportes e Turismo, concessionária que opera na região do Ouro Verde e Vida Nova.

O grupo se reuniu por volta das 9h no Terminal Rodoviário Ramos de Azevedo e de lá seguiram para a primeira visita, no Jardim Amanda I, em Hortolândia. Dez ônibus foram colocados em exposição para que o grupo pudesse ver, entrar, tirar fotos e gravar vídeos.

“Separamos todos os tipos de ônibus possíveis, como um executivo, um menor, outro maior, uns mais novos, outros mais antigos e por aí vai. A empresa gosta muito de receber visitas, e com pequenos grupos isso ocorre de forma constante. Quando são maiores, como o de hoje (sábado), agendamos para o sábado, quando está menos corrido aqui e dá para conhecer tudo com calma”, afirmou Gilson Neves Grilo, gerente da unidade do Jardim Amanda I.

O analista de redes Rafael Brito, de 37 anos, contou que a paixão começou quando ainda era criança, quando seu pai o levava para ver grandes caminhões na rodovia perto de onde morava. Conforme o tempo foi passando, a atração pelos ônibus ocorreu naturalmente, uma vez que era fácil encontrar estes veículos por toda a cidade.

“Olha, começou desde cedo mesmo e permanece até hoje. Acho incrível a estrutura do veículo, o fato de ser utilizado para transporte público, as mais variadas formas que ele é feito, enfim, realmente gosto muito desse assunto e toda vez que tenho uma oportunidade como essa, faço questão de participar”, disse.

Brito também quer repassar o amor que aprendeu com o pai para os filhos e leva as duas crianças sempre que pode. “O meu filho gosta bem mais do que a minha filha, mas os dois costumam me acompanhar. Trago eles em quase todas as vezes que venho. Eles ficam circulando, batem fotos. Acho que consegui plantar uma sementinha do gosto por ônibus nos dois também”, afirmou.

Após a primeira visita, o ônibus voltou até a garagem da VB3, localizada na Vila Industrial, onde uma nova sessão de fotos foi realizada pelos visitantes. O auxiliar de estoque Wellington Lima, de 32 anos, estava em sua primeira incursão como busólogo e garantiu que deve voltar para as próximas, já que estava gostando do que estava vendo.

“Tenho um canal do YouTube que fala sobre ônibus, transporte público e outros assuntos relacionados e, pela primeira vez, vim em uma visita guiada como essa. Estou gostando bastante, porque tenho a oportunidade de conhecer ao vivo todos os modelos, ver a diferença de cada um de perto. E, claro, ver a beleza de cada um em detalhes. Foi uma experiência ótima e com certeza eu voltarei nas próximas.”

O tour continuou com uma passagem pelo Terminal Barão Geraldo, onde também houve uma parada para sessão de fotos e almoço. Na sequência, o grupo passou por alguns pontos das obras dos corredores do BRT, além de uma visita técnica a uma das estações no Corredor do Campo Grande, para mostrar como o sistema de detecção instalado nos ônibus faz com que as portas das estações se abram e fechem automaticamente, sem a necessidade de pessoas operando o sistema.

O organizador do evento, Luciano Roncolato, explicou que há uma gama enorme de pessoas apaixonadas por ônibus e que, a cada ano que passa, a lista de inscrição cresce, inclusive com fila de espera. Nos últimos dois anos, por conta da pandemia, não houve o InterBuss City Tour e, por isso, era esperada mesmo uma quantidade maior de gente, como aconteceu neste ano. “É uma ótima oportunidade para que os entusiastas conheçam como é o funcionamento de todos os processos, desde a chegada do veículo, após o dia de serviço, até que ele esteja pronto para operar na manhã seguinte. Para quem se interessa pelo tema, é bem gratificante mesmo ao final do dia. Sinto bastante orgulho de fazer parte desta organização e ver a quantidade de pessoas diferentes que se reúnem aqui com um mesmo objetivo”, comentou.

O InterBuss City Tour foi realizado pela primeira vez em 2006 e reuniu cerca de 50 entusiastas do setor, vindos de várias partes do país. Depois dessa edição, várias empresas da cidade participaram e abriram as portas de suas garagens. A última edição foi realizada em 2019.

A data é significativa também por ser próximo ao dia 25 de julho, que é o dia de São Cristóvão, padroeiro dos motoristas. Os entusiastas de todo o Brasil elegeram a data para celebrar ainda o Dia do Busólogo, quando os entusiastas costumam se reunir em eventos e outros encontros.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.