CNT: Projeto Despoluir completa 15 anos

Da Agência CNT de Notícias
Foto: Arquivo (Sistema CNT / Flickr / Agência CNT de Notícias)

Há 15 anos, a Confederação Nacional do Transporte (CNT) criou o maior programa ambiental da iniciativa privada do setor no Brasil, o Despoluir. Por meio de uma linha de ações que integra atividades práticas, serviços e conteúdos técnicos e educativos executados juntamente com o SEST SENAT, a Confederação cumpre o seu principal objetivo: contribuir para o desenvolvimento sustentável do setor de transporte no país e envolver o transportador na promoção da qualidade de vida da sociedade como um todo.

O Programa Ambiental do Transporte já efetuou mais de 3,6 milhões de avaliações veiculares ambientais. Trata-se da ação de maior destaque do Despoluir, cujo foco é a melhoria da qualidade do ar, especialmente nos grandes centros urbanos. A iniciativa existe desde o primeiro ano do Programa, 2007. O serviço gratuito para o transportador caracteriza-se pela inspeção ambiental de veículos movidos a diesel em todo o Brasil e é realizado por 108 técnicos de 24 Federações parceiras, que vão até as transportadoras para fazer as aferições. Com o acompanhamento do Despoluir, cerca de 89% da frota nacional atendida se mantém dentro do padrão legal de emissão de poluentes, significando melhor qualidade do ar e menos custos com combustível e manutenção para as empresas e caminhoneiros autônomos participantes. Durante essa década e meia de existência do Programa, somente nessa ação foram realizados mais de 55 mil atendimentos que buscam tornar a atividade do transporte mais sustentável.

“A CNT defende que o transporte seja feito com o menor impacto ambiental possível e as avaliações realizadas pelo Despoluir tornam esse propósito uma realidade”, afirma o presidente da CNT, Vander Costa. Ele ressalta que as ações do Programa, além de contribuírem para a manutenção da regularidade dos motores de ônibus e caminhões das empresas de transporte, reduzem o consumo de combustível e tornam a operação mais economicamente rentável. “São experiências bem-sucedidas que incentivam o transportador a investir em medidas de responsabilidade ambiental, beneficiando o seu negócio e toda a sociedade”, acrescenta Vander Costa.

A esse investimento ambiental somam-se as avaliações da qualidade do diesel, projeto que desde 2016 promove o serviço gratuito de análise do combustível contido nos tanques de armazenamento das garagens de empresas de ônibus e de caminhões. Por meio de testes importantes e rápidos, é possível identificar a presença de impurezas e se as especificações do combustível armazenado estão de acordo com as definições da Agência Nacional do Petróleo, Biocombustíveis e Gás Natural (ANP). Com as orientações do Despoluir, mais de 84% das avaliações realizadas por essa linha de atuação se mantêm de acordo com o padrão determinado. Dentre as vantagens da detecção e solução prévias de problemas, destacam-se o ganho na eficiência energética e na conservação dos veículos. Os benefícios para o setor mediante a implementação de ações socioambientais vão além da redução do consumo de combustível dos veículos e são percebidos pelas empresas na diminuição de custos operacionais, implicando, inclusive, na melhoria das condições de saúde dos profissionais do transporte, devido a conservação de um ar mais limpo.

Em 2021, o Despoluir lançou mais uma ação, desenvolvida de forma gratuita pela CNT, que visa a acompanhar as medidas ambientais das empresas do transporte rodoviário para reforçar o desenvolvimento de boas práticas do setor. Trata-se de uma consultoria ambiental especializada na atividade do transporte, denominada Serviço de Orientação Ambiental ao Transportador (SOAT). Essa iniciativa está na fase piloto e teve a adesão inicial da Fetronor (Federação das Empresas de Transporte de Passageiros do Nordeste), da Fetralse (Federação das Empresas de Transporte de Passageiros dos estados de Alagoas e Sergipe) e da Fetranspar (Federação das Empresas Transporte de Cargas do Estado do Paraná).

Além dos serviços ambientais promovidos pelo Programa, a Confederação elabora documentos técnicos estratégicos ao transportador que levam a ganhos ambientais e financeiros, como é o caso do Manual e da Sondagem CNT de Gestão Hídrica no Transporte Rodoviário Coletivo de Passageiros e do Simulador de Reúso de Água.

Em relação ao uso de recursos energéticos essenciais ao transportador, a CNT publicou recentemente a Série Energia no Transporte, com análises referentes ao biometano e à eletromobilidade, visando ao fomento de energias renováveis de baixa emissão de carbono. Todo esse conhecimento técnico está acessível de forma gratuita nos materiais educativos relacionados ao tema, tais como pesquisas, manuais, artigos e cartilhas que fazem parte do acervo do Despoluir.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.